Arquivo de Clubes >> Estados >> Amazonas >> Princesa do Solimões

 

Princesa do Solimões Esporte Clube

princesa.gif (8422 bytes)

Fundação: 18 de Agosto de 1971
Endereço : Av Getúlio Vargas 134
                CEP 69400-000 Manacapuru/AM Tel. (92) 361 1600
Estádio : Olímpico Municipal Gilberto Mestrinho - Gilbertão (25000)
Uniforme: Camisa vermelha com frisos brancos, calção vermelho e meias vermelhas
Apelido: Tubarão do Solimões
Títulos: Campeão da Taça Amazonas  1988/1989 e 1995
Internet: Site Princesa
Princesa

psolimoesam.gif (2976 bytes) Escudo Usado até 2000

2005 O artilheiro Pissui continua no clube. O técnico é o velho conheicdo Paçoca. Naílton; Régis, Macalé e Marivaldo; Alcimar (Alex), Rafael, Clemilton, Aílton e Dominguinhos (Zé Marques); Pissuí e Canhoto. Técnico Paçoca

2004 -
No Princesa, a contratação do técnico José Tavares, que já levou a equipe a boas colocações em anos anteriores, não resolveu o problema. Tavares quer a contratação de novos jogadores, mas o clube não tem dinheiro. Marcelo, Nonato, Valtinho, Regis, Nanã, Gamarra, Lico, Clemilton, Carlinhos, Herades e Pisui. Tec.Jocil Ribeiro

2002 - A base é a mesma do ano passado, reforçada pelo goleiro Reinaldo (ex-São Raimundo e Nacional), Áureo (ex-Sul América) e Jeremias (ex-São Raimundo e Rio Negro). O técnico é Paçoca, jogador que ainda não se despediu das quatro linhas e que assume o lugar que foi de Adinamar Abib, na temporada 2001. Reforçam o clube ainda o zagueiro Genival, o meia Fábio Bastos, o volante Áureo, além dos atacantes Manga, Domingos e Babá e o zageurio Everton. Entre as possivéis revelações do torneio está o  estreante Erades, que veio das categorias de base e ganhou a vaga de titular. Reinaldo, Genival, Aguinaldo, Ailton e Gilson; Jeremias, Áureo, Nonatinho; Babá,  Erades e Dominguinhos. Técnico: Paçoca

2001 -O Tubarão do Solimões, como é conhecido o time treinado pelo técnico Adinamar Abib, retorna ao Estadual após uma ausência de dois anos, provocada por problemas internos do clube e, também, em face de dificuldades financeiras. O Princesa do Solimões solidificou sua zaga, com Marquinho, Gilmar e Nelson, todos ex-São Raimundo. No meio-de-campo conta com a experiência de Paçoca, revelado no clube e que atuou no Nacional e Botafogo-RJ. Reinaldo, Marquinhos, Nelson, Gilmar e Renatinho; Sierra, Alcimar, Nonatinho e Zé Eduardo; Lico e Dominguinhos. Técnico: Adinamar Abib.

H - O Princesa estreou no campeonato profissional amazonense em 1987, seguindo o caminho do Penarol da de Itacoatiara e do Olaria de Humaitá que eram até então os únicos clubes do interior do estado a participar da competição. O Princesa revelou diversos jogadores como o goleiro Naílton, Zédvan; Alcimar; Paçoca; Pissuí, Tição, Cabralzinho e Marquinhos. Manacapuru tem tradição futebolística no Amazonas. A seleção da cidade costuma participar com destaque da Copa dos Rios, anualmente realizado pela FAF.  Seus clubes, como o Emtram e o Furacão, já conquistaram o Peladão (campeonato amador de futebol de Manaus e região).  Para se ir de Manaus à Manacapuru é  necessário  atravessar o Rio Negro (5 km em média) por meio de Balsa e depois, de ônibus ou de carro, leva-se mais uma hora.

Em 1989 o Princesa disputou seu único torneio nacional. Não foi bem, ficando em sexto no seu grupo mas venceu o Mixto de Mato Grosso e o Dom Bosco. O Princesa foi vice-campeão amazonense em 1995 quando empatou em 0 x 0 contra o Nacional no Estádio do SESI completamente lotado. Em 1997 novamente um vice-campeonato desta vez contra o São Raimundo. Esteve afastado do profissionalismo por dois anos, voltando em 2001 graças aos esforços do presidente Lázaro D'Angelo e da Prefeitura de Manacapuru.

 

Nacionais

1989 - Segunda Divisão - Primeira Fase - 6.Colocado Grupo 1

 

estaduais

A partir de 1970: 1987 a 1991, 1995 a 1998,  2001,  2002 e 2004/2005

 

noticias

A Crítica
Em Tempo

Camisa PrincesaGilberto
pri_vs_sra.jpg (19991 bytes)
Foto: Em Tempo

b_info.jpg (7363 bytes)