Arquivo de Clubes >> Estados >> Minas Gerais >> Tupi de Juiz de Fora

 

TUPI FOOT BALL CLUB

tupi.gif (2052 bytes)

Fundação 25 de Maio de 1912
Endereço Rua José Calil Ahouagi 332
CEP 36070-070 Juiz de Fora/MG Tel. (32) 3224 3183
Estádio Radialista Maria Helênio(Municipal) - municipal, 35000 - e Salles de Oliveira - próprio
Uniforme Camisa com listras verticais pretas e brancas, calção branca e meias pretas e brancas
Títulos Campeão da Segunda Divisão Mineira 2001
Internet
NetTupi e Site Oficial do Tupi http://www.tupijf.hpg.ig.com.br/
Tupi de Juiz de Fora

2004 Uma das esperanças do time de Juiz de Fora é o atacante Marinho

2003 - O Tupi foi outro time que não poupou esforços. Entre outras contratações, acertou com o atacante Müller, ex-Cruzeiro, Palmeiras e São Paulo

2002 - O técnico do Tupi, Renato Trindade conta com os reforços dos apoiadores Flávio Gaúcho, Leo Denner e Wallace(com passagens por clubes do interior de Minas e São Paulo), além do atacante Juninho(ex-Serra).O setor defensivo é formado pelos experientes Reginaldo e André Luiz. Reginaldo, Reinaldo(Sérgio Bigode) e André Luiz; Serginho, Cafu, Leo Denner, Flávio Gaúcho e Moisés; Alexandre Alvim e Juninho

H - O Tupi, fundado em 26 de maio de 1912. O Tupi teria surgido de um encontro de jovens dissidentes do Tupinambás, clube nove meses mais velho,  mas essa versão nunca foi confirmada. Oficialmente o time contou com cinco fundadores, sendo o mais importante deles Antônio Maria Júnior. O alvinegro do uniforme permanece até hoje.

Fantasma do Mineirão
No final do ano de 1965, o Cruzeiro ganhou o título de Campeão Mineiro, e o Tupi teve uma de suas piores campanhas, ficando em último lugar no Campeonato de Juiz de Fora. Em janeiro de 1966, o Tupi convidou o Cruzeiro para um jogo em Juiz de Fora e, com seu time renovado, venceu o jogo por 3 a 2, derrotando a famosa equipe de Tostão, Dirceu, Zé Carlos, Piazza, Natal e outros craques. Um time de Juiz de vencer o grande Cruzeiro? Belo Horizonte não poderia engolir esta afronta. Por isso, o Tupi foi convidado a jogar com o Atlético, no Mineirão, quando, além de gozar dos rivais cruzeirenses, os atleticanos vingariam o futebol da capital. Resultado do desafio: o Tupi ganhou por dois a um do Atlético, que era dirigido por Paulo Amaral. Um novo desafio foi feito pelo América Mineiro, dirigido por Yustrick, já que o Tupi estava desmoralizando o futebol de Belo Horizonte. Mas uma nova vitória do Tupi por dois a um foi o que aconteceu. Imagine só, o Tupi derrotar os três times da capital. Isso não poderia ficar assim, e o Cruzeiro pediu uma revanche do jogo realizado aqui, dizendo que, no Mineirão, ia arrasar com o Tupi e acabar com a brincadeira. Nova vitória do Tupi por dois a um fez todo o Brasil falar naquela equipe, que acabou sendo convidada para treinar com a Seleção brasileira de Pelé e Garrincha em Caxambu, quando empatou em um a um. O técnico do Tupi, Geraldo Magela Tavares, lembra a escalação do time responsável por grandes façanhas: Waldir, Manoel, Murilo e Walter, França e Mauro, João Pires, Toledo, Vicente e Eurico.

Elaborado a partir de pesquisas na Biblioteca da CBF, Rádio Itatiaia e Jornal A Tribuna de Minas

 

Nacionais

Participou da Terceira Divisão 87, 88, 94, 96 a 98, 2001 a 2004 e da Segunda Divisão em 1989
Copa do Brasil 2004

 

estaduais

A partir de 92: 92, 93 e 2002/2003/2004

 

noticias

Tribuna de Minas

Estádio Municipal de Juiz de Fora
-

b_info.jpg (7363 bytes)

Agradecimentos a Arílton Barbosa