Arquivo de Clubes >> Estados >> Paraná >> Londrina

 

LONDRINA ESPORTE CLUBE

londrina1.gif (11645 bytes) Fundação: 05 de Abril de 1956

Endereço: Avenida Jorge Casoni 1900
CEP 86026-100  Londrina/PR

Telefone: (41) 3374747

Estádio : Estádio do Café - 45 000 -

Uniforme: Camisa branca com faixas azuis na vertical, calção branco e meias azuis

Apelido: Tubarão
Títulos : Campeão Paranaense 1962, 1981 e 1992 e Campeão da primeira Taça de Prata em 1980
Internet:
Site Oficial do Londrina, www.tubanautas.fot.br

Londrina

2005 Londrina: Vilson; Cassiano, Alex, Rodrigo e Fabinho; Diogo, Henrique, Edmilson e Nem; Alex Paulista e Bolão
Técnico: Itamar Bernardes

2004
O técnicoé Lívio Vieira. Com exceção do apoiador Rocha, remanescente do ano passado, o volante Jean, ex-Francisco Beltrão, e os meias-ofensivos Eduardo Neves, ex-Juventude, e Luizinho Cascavel, ex-Francisco Beltrão, foram contratados para o Campeonato Paranaense.
No setor ofensivo, o atacante Paraguaio, artilheiro do time no último estadual com 8 gols, terá a companhia do meia-atacante Nem, autor de 35 gols pelo Tubarão em 2001. No gol, mais uma vez, Marcelo sai na frente do prata-da-casa Serginho. Nas laterais, Cassiano será o titular pelo lado direito, enquanto Fábio, ex-júnior da Portuguesa Londrinense, ocupará a vaga do lado esquerdo. A dupla de zagueiros será formada por Luis Henrique e Scharles, ex-Inter de Santa Maria. 

2003 O Londrina tenta um título que não vem há doze anos: o de campeão estadual. O técnico é o mais jovem do Campeonato Paranaense. Trata-se do ex-zagueiro Roberto Gonçalves, de 32 anos. No ano passado, ele dirigiu os juniores do clube. Fernandes recebeu 13 novos jogadores no início de temporada. Alguns da lista: os laterais Jamur (Iraty) e Alex (Sampaio Corrêia), os zagueiros Marcão (Grêmio Maringá) e Márcio Santos (Independente de Limeira-SP), os meias Márcio Alan (Confiança) e Zaltron (São Bento-SP) e os atacantes Negret (Oeste de Itápolis-SP) e Fábio Zeni (Ferroviária de Araraquara-SP). Marcelo; Jamur, Marcão, Márcio Santos e Alex; Germano, Dário, Valdeir (Fábio Alan) e Zaltron; Paraguaio (Fábio Zeni) e Negret (Marcos Alemão). Técnico: Roberto Fernandes

2002 -Jogadores que se notabilizaram no ano passado, como o volante Edmilson, o meia-atacante Nem e o centroavante Gil, deixaram o clube. Em contrapartida, já foram contratados 12 reforços, que irão se juntar à boa safra revelada nas categorias de base. É o caso do prata-da-casa Serginho, 20 anos, novo dono da camisa 1 do time de Freitas Nascimento. Entre os “forasteiros”, destaques para o zagueiro Fernandão, que no ano passado defendeu o Juventude , e para o meia Paulinho Andrade, de apenas 1,65m, que tem a missão de fazer a torcida esquecer dos gols de Nem, o artilheiro londrinense em 2001, com 35 gols.. Em compensação, a diretoria anunciou a contratação de dois reforços. O goleiro Marcelo, de 27 anos, começou a carreira no Palmeiras e depois jogou por Náutico e Rio Branco-SP. O zagueiro Fernandão, de 29 anos, já defendeu Botafogo, CRB-AL, Comercial-SP, Marília-SP e Juventude no último Campeonato Brasileiro.

2001 - Dirigentes, comissão técnica e jogadores esperam apagar de vez no campeonato de 2001 o vexame que a equipe deu no ano passado quando foi o “lanterna” da Copa João Havelange. De quebra, o LEC não teve dinheiro nem mesmo para acertar com os jogadores. Alguns tiveram que voltar para suas cidades de origem com dinheiro emprestado de familiares.
O Londrina tem um forte sotaque nordestino. É que a maioria dos jogadores, a exemplo do técnico Freitas Nascimento, veio do Nordeste. Alguns passaram pelo Nacional de Rolândia na disputa do Campeonato Paranaense da Segunda Divisão do ano passado. É o caso do atacante Paulinho e do experiente Ronaldo Falcão, ex-Treze da Paraíba. Júlio César, Henrique, André Beraldo, Zé Antônio e Chico; Marco Antônio, Edmílson, Eric(Marcos Cruz) e Nem; Paulinho e Fábio Nascimento. Tec: Freitas Nascimento

O escudo oficial do Londrina Esporte Clube é o que está apresentado  acima, e não a figura abaixo que vem sendo utilizada por alguns sites, revistas, jornais e até tvs. A diferença é sútil, no entanto significativa. O distintivo oficial tem 4 pares de folhas e apenas uma borda. Este escudo ao lado nunca existiu. Agradecemos ao site oficial do LEC e a EsporteLondrina pelos esclarecimentos.

londrina.gif (5321 bytes)

H -  A história do Londrina começou num dia em que um grupo de esportistas da cidade resolveu ir a Rolândia assistir um amistoso entre o Nacional e o Vasco da Gama (RJ). Após esse jogo, José Luciano de Andrade (que com o irmão Luiz Andrade havia fundado o Nacional), Wallid Kauss, Pietro Caloni e Doan Alvares Gomes tiveram a idéia: "Vamos criar um time em Londrina e não precisaremos mais ir a Rolândia para ver bom futebol!". A idéia vingou no dia 5 de abril de 1956, no Monções Hotel, quando foi lavrada a ata de fundação do Londrina Futebol Clube. Neste dia também foram escolhidas as cores do novo clube: azul e branco.

Em 1969 foi dada a tacada final para a criação do atual "Tubarão". É que havia dois clubes na cidade: o Londrina Futebol e Regatas e o Paraná Esporte Clube. Como nenhum andava bem dentro e fora de campo, a fusão foi inevitável: nasceu o Londrina Esporte Clube, vestindo as cores da cidade (vermelho e branco). Mas em 72, Carlos Antônio Franchello voltou à presidência e fez voltar também as camisas alvicelestes de hoje.

O Londrina Esporte Clube é o segundo representante do futebol da cidade de Londrina, a maior do interior da região sul do Brasil e segunda maior do Paraná (o outro é a Portuguesa Londrinense). Com uma economia baseada na cafeicultura - a cidade já foi capital mundial do café - a equipe do "Tubarão", como é conhecida, sempre foi a maior potência do interior do Estado, e por várias vezes representante em competições nacionais.

Foi assim que em 1977 chegou ao 4º lugar no Campeonato Brasileiro, além de seu maior título na história: o de campeão da Taça de Prata, em 1980, enfrentando as principais forças do futebol nacional.

É também o clube com maior número de títulos estaduais no interior (três), conquistados em 1962, 1981 e 1992.

Texto extraído: www.futebolpr.com.br

 

Nacionais

1982 - Campeonato Brasileiro - 15. Colocado

1981- Campeonato Brasileiro - 42. Colocado

1979 - Campeonato Brasileiro - 19. Colocado

1978 - Campeonato Brasileiro - 24. Colocado

1977 - Campeonato Brasileiro - 4. Colocado

1976 - Campeonato Brasileiro - 49. Colocado

1971 - Segunda Divisão - Primeira Fase Zona Sul

Participou da Taça Brasil 63, da Taça de Prata 80 e 83 e da Segunda Divisão 1988, 89, 91, 92, 94 a 2004 e da Terceira Divisão 87 e 2005. Disputou ainda quatro edições da Copa do Brasil.

 

estaduais

A partir de 1992: 1992 a 1998, 2000 a 2005

 

noticias

Jornal de Londrina
O Bonde
Esporte Londrina

londrinajogando_lec.jpg (18367 bytes)
Fotos - Site Oficial

b_info.jpg (7363 bytes)